> TÍTULO <
   TRE realiza sorteio de emissoras de TV e rádio para transmissão da propaganda.
> CONTEÚDO <
   TRE realiza sorteio de emissoras de TV e rádio para transmissão da propaganda eleitoral A propaganda eleitoral gratuita inicia no dia 31 de agosto. Na tarde desta terça-feira (21), o Tribunal Regional Eleitoral do Pará realizou a reunião oficial com os representantes das emissoras de tv e rádio do Pará. O objetivo foi definir quais serão as emissoras responsáveis pela transmissão da propaganda eleitoral gratuita a partir do dia 31 de agosto de 2018. Na ocasião, a Corte foi composta pelo Vice-Presidente e Corregedor do TRE, Desembargador Roberto Moura, pela Dra. Naiana Fadul, Procuradora do TRE, e pelo Secretário Judiciário, Renato Holanda. Ainda presentes os juízes federais, representantes da a Comissão de Propaganda Eleitoral, Lucyana Daibes, Edmar Pereira e Rui Frazão. A primeira fase foi o sorteio entre as emissoras de televisão. Na ocasião, foi decidido que três emissoras vão dividir, por períodos, a transmissão do primeiro turno e, uma emissora fica responsável pelo segundo turno. Definição para o 1° turno De 31 /8 a 11/9 - TV SBT De 12 a 23/9 - TV BOAS NOVAS 24/9 a 4 / 10 - TV LIBERAL 2° Turno De 12 a 25/10 - TV MARAJOARA Mais três emissoras foram sorteadas para ficar de sobreaviso, caso ocorra algum problema operacional na primeira opção sorteada. Fundação Nazaré de Comunicação e TV Marajoara, ficam de suporte ao primeiro turno e a TV Liberal no segundo turno, caso ocorra. Em seguida foi a vez do sorteio entre as emissoras de rádio. 1° turno De 31 /8 a 11/9 - Rádio Nazaré De 12 a 23/9 - Radio Marajoara 24/9 a 4 / 10 – Radio Liberal FM 2° Turno De 12 a 25/10 - Fundação Cultural de Rádio Educativa Costa Dourada FM Sendo que as rádios Fundação Aldo Carvalho de Comunicação Social e Fundação Evangélica Boas Novas foram sorteadas para ficar de sobreaviso. “Demos o primeiro passo no que diz respeito a propaganda eleitoral gratuita. Que é identificar o responsável por fazer a geração desse material em cada período, tanto para o rádio quanto para televisão. Já o próximo passo, será a distribuição proporcional do tempo de acordo com as regras eleitorais e os registros que foram feitos. Isso acontecerá em reunião aberta, nesta quinta-feira, 23, sendo presidida pelos juízes eleitorais, onde cada partido saberá, exatamente, quanto tempo ele vai dispor para realizar sua campanha”, ressaltou Sandro Borges, Técnico Judiciário da Secretaria Judiciária. De acordo com o calendário Eleitoral, serão 35 dias destinados a propaganda eleitoral nas emissoras de tv e rádio do Pará.



FECHAR